Noticias

Mara Maravilha envergonha evangélicos ao protagonizar beijos com Preta Gil.

1

Desde brigas em programas e até inimizades, Mara Maravilha, de 51 anos, coleciona algumas polêmicas em sua carreira. Todos lembram da  fala polêmica que ela  protagonizou ao afirmar que ser crente não lhe garantiu o sucesso. “Ser Evangélica não é bom pra carreira artística”, e na época continuou dizendo que pretende “limpar o estereotipo de evangélica”.

Não bastasse os apunhados de polêmicas que vem colecionando, recentemente, a cantora gospel Mara Maravilha protagonizou mais uma cena que complicou de vez o destino da artista no que diz respeito ao mundo gospel. Ela que por sua vez sempre foi lembrada  por sua história na músicas gospel, e que diga-se de passagem, conquistou um auge extraordinário.

A apresentadora do programa Fofocalizando foi prestigiar a estreia do stand up Mais Preta Que Nunca, estrelado por  Preta Gil, no Theatro NET, em São Paulo. No entanto, muito animada,  a cantora e apresentadora  posou para os fotógrafos e deixou de boca aberta todos que estavam presentes com um cumprimento inusitado, para uma evangélica. Mara e Preta protagonizaram um beijo na boca.

Todos sabem que desde que escolheu  por se dedicar a sua carreira profissional como apresentadora, Ela tem passado situações e praticado alguns comportamentos que gera a reprovação dos envangélicos. Pois parece que agora, a cantora  já não se importa mais  com a sua vida cristã, tanto é assim que até se deixou ser fotografada dando um “selinho” na cantora baiana Preta Gil, que é assumidamente bissexual.

A foto como de se esperar está ocasionando a revolta até mesmo daqueles que antes a consideravam e a defendiam frente a qualquer circustâncias ou polêmica que a apresentadora se envolvesse, no entanto dessa vez, parece que Mara Maravilha passou dos limites e já não conta mais com a simpatia dos seu publico.

Porcelanato Liquido Passo a Passo

Artigo anterior

Pegadinha mortal: Servidor entra em bar fingindo assalto e morre baleado por PM à paisana

Artigo seguinte

Veja também

1 comentários

  1. Vejamos algo muito importante. Cantor(a) gospel jamais significou ser evangélico(a). Nos EUA onde se originou a palavra, sim, significa “evangelho”. No Brasil o chamado”Gospel”, veio como um estilo de música. Longe de ser evangelho ou cristão. Portanto seria bom fazer essa distinção por separação, para não generalizar os verdadeiros Cristãos ou Evangélico.
    CAG

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *